É O COMEÇO DO FIM?

É O COMEÇO DO FIM?

Estava com uma matéria pronta para postar e, de repente, o tsunami: Michel Temer gravado.

Não é uma gravação de aniversário. Não. O presidente, pela versão de O Globo e repercutida mundo afora, participou diretamente em um ato criminoso. Aceitou a cumplicidade na compra do silêncio do tal Eduardo Cunha.

Fiquei arrasado, não com o Temer ou pelo Temer, mas pelo meu querido e sofrido Brasil. De um lado, suportamos quase 15 anos de um PT bandido, aliado ao tão bandido PMDB, agora estamos com o mesmo PMDB bandido, acompanhado desse desastre chamado PSDB, encarnado na figura do Aécio Neves. Não me refiro a outras siglas porque padecem do mesmo mal.

Mas o Brasil não deve, não pode e nem se sustenta se parar. Não pode parar. O problema é quem poderia ser o timoneiro dessa íngreme travessia.

A Ditadura Militar que tanto mal dela falei, deixou-nos um time de homens, tais como Tancredo Neves, Teotônio Vilela, Sobral Pinto, Barbosa Lima Sobrinho, Pedro Simon, Leonel Brizola, João Amazonas que por mais que tivéssemos divergências, não pairava sobre eles a alcunha de bandidos.

Agora, a cada gravação ou delação aumenta o número de criminosos e ninguém pode prever quem será o último. O grave é que o nosso futuro presidente será escolhido por esse e no meio desse Congresso: não tem solução fora da política.

Vou dormir quase em depressão constitucional, se é que conseguirei dormir.

Boa noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *