FESTIVAL DE HIPOCRISIA, DISFARCES E MAU-CARATISMO

Mundo enlouquecido, sem prazo para a cura. É assim que raciocino sobre esse nosso tempo. O foco principal é a vida política, social e econômica dessa pátria sofrida. Mas o problema que mais me enoja é o disfarce, hipocrisia e estelionato ideológico dessa esquerda brasileira fajuta.

De repente, um desses parlamentares petistas sobe à tribuna e desanca contra os 14 milhões de desempregados, pondo a culpa nesse tal de Temer. É falta de óleo de peroba. Por pior que seja esse Temer e bote pior nisso, os 14 milhões de desempregados são uma criação petista. Pronto. Mas esse discurso pode ter guarida nos corações e mentes repletos de inocência e ignorância. Nessa pátria, a ignorância é abundante em muitas prateleiras.

A resistência contra a reforma trabalhista é outro exemplo. Todos sabemos que a CLT, há tempos, necessita de modificações e dez em cada dez especialistas são unânimes: a lei está ultrapassada. O discurso esquerdopetista é um só: contra reforma trabalhista, a favor do trabalhador.

O que eles não explicam é o porquê de serem contra e em que a reforma prejudica o trabalhador brasileiro, muito mais, se possuem uma proposta alternativa. Essa CLT ultrapassada faz da Justiça do Trabalho um absoluto caos, onde tudo é judicializado. Só conheço um grupo que se prejudicou com a reforma trabalhista: os advogados que trabalham nessa área. As demandas judiciais, para o bem de todos, serão cada vez em menor número. O Brasil agradece. A esquerda que odeia o Brasil, esperneia.

Um caso emblemático: Sérgio Moro. Virou um demônio para o PT e seus acólitos. Deixo claro que não faço parte do fã clube desse juiz e já fiz críticas a ele. Mas tentar politizar a conduta jurídica desse magistrado é uma sacanagem, não propriamente com o Moro, mas contra a seriedade e o bom senso. Todos os tesoureiros que passaram pelo PT e suas principais lideranças (ainda sem o Lula) estão na cadeia.

Isso é coincidência ou eles são bandidos? São bandidos, simplesmente. À falta de qualquer argumento, no mínimo racional, a cantilena é mostrar a delinquência de Aécio e de Temer (antes era o Eduardo Cunha), sem mostrar nada mais construtivo. Por que não mostram? Não sabem construir, mas são bárbaros da destruição. Em todos os países que passaram por suas mãos, há um rasgo destruidor, com supressão das liberdades e exacerbação das perseguições e medo. A destruição promovida pelos governos de esquerda é tão escancarada, que não pode ser negada. Basta olhar Cuba e Venezuela.

Os exemplos são muitos, porém ater-me-ei a mais um: o sequestro do dinheiro de Lula. Esse sujeito não pode reclamar de uma coisa, pode dizer que foi pobre, que sofreu, que nunca trabalhou, entretanto nunca poderá dizer e se dizer pobre. Só em poupança o caratinoso tem quase 10 milhões de reais. Como? Essa resposta será dada pelo Sérgio Moro, trabalhando é que não foi. A honestidade não tem como explicar essa fortuna. A bandidagem explica. Com a palavra o PT.

FAST NEWS: A FESTA DA ACADEMIA ATHENIENSE DE LETRAS E ARTES

No próximo dia 29, sábado, às 19 horas, no Espaço AMEI, Livraria do Autor Maranhense, São Luís Shopping, ocorrerá o 17º SARAU DE ATHENAS. Esses saraus são de grande beleza, repletos de música, poesias, histórias e exposições. Dessa feita um ingrediente a mais: a posse de dois novos imortais.

Trata-se dos amigos Luiz Regis Furtado e José Eduardo Sereno, que assumirão, respectivamente as cadeiras 08, patroneada por Catulo da Paixão Cearense e cadeira 09, patroneada por Antonio Almeida.

Como presidente dessa academia, convido a você, que ama a arte e ama o belo, a comparecer a essa festa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *