BOLSONARO É DOIDÃO

BOLSONARO É DOIDÃO

João Melo e Sousa Bentivi

É muito doidão, sim, e explico. Primeiro, votei em Bolsonaro e, pelo andar da carruagem, votarei novamente, mas está cada vez mais claro que os movimentos de Bolsonaro fogem absolutamente às regras estabelecidas.

Elegeu-se sem partido, fala tudo o que pensa, não dá bolas para a hipocrisia, não fez os costumeiros acordos com os costumeiros bandidos republicanos, está pouco se lixando com esse funesto judiciário de Toffolis e Gilmares, não faz acordos com governadores inconfiáveis e manda a PQP esse insuportável “politicamente correto”.

Pode ter juízo, esse camarada?

Não é médico e está dando um banho nesse grupo de tais doutores, professores de Deus. Há mais de dois meses apostou na cloroquina e o mundo veio abaixo. Eu, médico, que conheço essa droga, desde a faculdade, pensei: esse cabra é doidão!

Tempo passa e o mundo se curva a velha cloroquina, a ponto do farsante Doria, de maneira cínica, ter tentado faturar os loiros da droga. Deus é bom, abençoa justos e farsantes, e salvou a vida do funesto Uip com a droga. Uip, pior que os nove leprosos ingratos, curados por Jesus, na atitude mais sórdida, não só não agradeceu, mas tentou esconder um fato que nunca poderia ser escondido.

Dez para Bolsonaro e zero para Uip!

Bolsonaro, na loucura, pegando bordoadas minuto a minuto, coloca todo Brasil no amparo governamental e defende a manutenção dos empregos, sinal imprescindível para o nosso progresso. Os bandidos de todas as cores urdem armadilhas incessantemente, porém ele não se abate, pois sabe o que quer.

O povo, que não é bobo, apesar do bombardeio midiático diário, começa a perceber que o isolamento não pode ser eterno.

Os esquerdopatas estão desesperados e sonham pelo menos que o corona ataque o Bolsonaro, até agora Bolsonaro está imune e, pelo sim e pelo não, eu acompanho os milhares de movimentos de oração, do Brasil inteiro, pedindo a Deus para lhe preservar.

Não sei nada sobre o futuro da saúde do Bolsonaro, mas tenho certeza de uma coisa maravilhosa: esse Bolsonaro pode até ser chamado de doidão, mas ninguém tem a petulância de chamá-lo de ladrão.

Na terra do LULADRÃO é benção divina ter o BOLSONARO DOIDÃO.

Tenho dito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *